Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1420
Título: Validação do World Health Disability Assessment Schedule (WHODAS) numa Amostra de Pessoas Institucionalizadas com ≥ 60 anos
Autores: Cruz, Inês Isabel Santos da
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: WHODAS - WHODAS
Envelhecimento - Aging
Validação - Validation
Funcionalidade - Functionality
Data: 2022
Editora: ISMT
Resumo: Contexto e objetivo: A incapacidade e as alterações na saúde são frequentes com o processo de envelhecimento. O presente estudo tem como objetivo validar o WHODAS 12 em pessoas idosas institucionalizadas. Este é um instrumento concebido para avaliar a funcionalidade em seis domínios, a incapacidade e a saúde em pessoas idosas; construtos esses que parecem ser influenciados pelo processo de institucionalização. Métodos: Neste estudo transversal, O WHODAS-12 foi administrado a 117 pessoas idosas institucionalizadas. A fidedignidade foi avaliada por meio do coeficiente alfa de Cronbach e a validade convergente através da análise correlacional com instrumentos de medida de constructos comparáveis. Resultados: O WHODAS-12 revelou uma consistência interna adequada ( de Cronbach = 0,94) e com correlações moderadas a elevadas entre as suas subescalas. As pessoas idosas do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 70 e 80 anos, sem escolaridade e residente em meio urbano foram as que tiveram pontuações mais altas (pior estado; p < 0,05). Conclusão: O WHODAS-12 é um instrumento de fácil administração e com capacidades psicométricas adequadas, demonstrando eficácia na avaliação do nível de funcionalidade. Devido à sua facilidade de aplicação, é um instrumento útil para avaliar a funcionalidade, incapacidade e saúde pessoas em apoio institucional com idade ≥ 60 anos. / Background and objective: Disability and changes in health are frequent with the aging process. The present study aims to validate the WHODAS-12 in institutionalized elderly people. This is an instrument designed to assess functioning in six domains, disability, and health in older people; constructs that seem to be influenced by the institutionalization process. Methods: In this cross-sectional study, the WHODAS-12 was administered to 117 institutionalized older adults. Reliability was assessed using Cronbach's alpha coefficient and convergent validity through correlational analysis with measurement instruments of comparable constructs. Results: WHODAS-12 showed adequate internal consistency (Cronbach's = .94) and moderate to high correlations among its subscales. Older males, aged between 70 and 80 years, with no education and living in urban areas had the highest scores (worse condition; p < .05). Conclusion: WHODAS-12 is an easily administered instrument with adequate psychometric capabilities, demonstrating effectiveness in assessing the level of functionality. Due to its ease of application, it is a useful instrument to assess the functionality, disability, and health of people in institutional support aged ≥ 60 years
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1420
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
INES_CRUZ_MPC_2022.pdfDocumento1.53 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.