Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/926
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorVideira, Joana Isabel Pereira de Castro-
dc.contributor.authorSequeira, Joana (Orientadora)-
dc.date.accessioned2018-10-16T09:50:06Z-
dc.date.available2018-10-16T09:50:06Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/926-
dc.description.abstractA presente investigação tem como objetivo analisar a relação entre a presença de queixas somáticas em população pediátrica e o género, a comorbilidade com outras perturbações, a presença de doença orgânica e/ou psiquiátrica no sub-sistema parental e o funcionamento familiar. Os participantes deste estudo são 33 pais de crianças/adolescentes que frequentam a consulta de Psicologia Clínica no Centro de Desenvolvimento da Criança (CDC), do Hospital Pediátrico de Coimbra (HPC), por apresentarem queixas somáticas sem explicação médica, mais concretamente cefaleias. Foram aplicados 3 instrumentos na recolha de dados: o questionário sociodemográfico, com questões relativas à criança/adolescente e progenitores bem como alguns dados clínicos; o Child Behavior Checklist (CBCL) de Achenbach, validado para a população portuguesa sob a denominação de Inventário do Comportamento da Criança para Pais (ICCP) e a Family Adaptability and Cohesion Evaluation Scale (FACES IV). Os resultados revelam a presença de diversas perturbações concomitantes com as queixas somáticas, sendo as mais frequentes a obsessivo/esquizóide, a depressão e a ansiedade. A doença no subsistema parental está presente em 78.8% das famílias. Quanto ao funcionamento familiar, observam-se níveis baixos de coesão equilibrada, o que poderia ser um indicador de problemas na coesão familiar, contudo não se verificou qualquer tendência para o desmembramento ou emaranhamento, sendo no geral estas famílias equilibradas. / The aim of the present study is to analyze the relations between somatic complains in pediatric population with gender, comorbility with other disturbances, presence of organic or psychiatric diseases in the parents` subsystems and the family functioning. The participants of this study were 33 parents of children/adolescents attending the clinical psychology therapy in the Centro de Desenvolvimento da Criança (CDC), Hospital Pediátrico de Coimbra (HPC), by presenting somatic complains with no medical explanation, more specifically headache. Three instruments were applied: sociodemographic questionnaire, with questions related to the child/adolescent and their parents, and some clinical information; the Child Behavior Checklist (CBCL) of Achenbach, validated to the Portuguese population with the designation of Inventário do Comportamento da Criança para Pais (ICCP), and the Family Adaptability and Cohesion Evaluation Scale (FACES IV). The results show the presence of several concomitant disturbances with the somatic complains, being the most frequent the obsessive/schizoid, the depression and the anxiety. The disease in the parent’s subsystem is present in 78.8% of the families. . In what concerns family functioning are observed low levels of balanced cohesion, what might me a sign of cohesion family problems, however there was no tendency for disengage or enmeshed patterns being in generally these families balanced.pt_PT
dc.language.isootherpt_PT
dc.publisherISMTpt_PT
dc.subjectSomatização - Somatizationpt_PT
dc.subjectQueixas somáticas - Somatic complainspt_PT
dc.subjectFuncionamento familiar - Family functioningpt_PT
dc.titleQueixas Somáticas e Funcionamento Familiarpt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
dc.identifier.tid201142511-
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Queixas Somáticas e Funcionamento Familiar_Joana Videira.pdf2.25 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.