Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1319
Título: Repercussões Psíquicas de Acontecimentos de Vida Traumáticos: comportamentos de risco e manifestações psicopatológicas em estudantes universitários
Autores: Costa, Andrea Cristina Tomás
Macedo, Esmeralda (Orientadora)
Palavras-chave: Acontecimentos traumáticos - Traumatic events
Comportamentos de risco - Risk behavior
Contexto académico - Academic context
Psicopatologia - Psychopathology
Repercussões - Repercussions
Data: 2021
Editora: ISMT
Resumo: Objetivos: Com vista a alargar o conhecimento sobre as repercussões psíquicas dos acontecimentos de vida traumáticos, procurou-se analisar o pese que as vivências traumáticas têm nos comportamentos de risco e na manifestação de sintomas psicopatológicos. Assim, foi realizado um estudo transversal com uma amostra de estudantes universitários, tendo em conta as mudanças substanciais resultantes da inserção no contexto académico. Métodos: A amostra é constituída por 379 estudantes universitários, 232 do sexo feminino (61,2%), 144 do sexo masculino (38%) e três não binários (0,8%), com idades compreendidas entre os 17 e os 49 anos (M = 23,02; DP = 4,246). O protocolo da presente investigação foi constituído por um consentimento informado, um questionário sociodemográfico e uma bateria de testes, incluindo o Brief Symptom Inventory 18 (BSI 18), a Traumatic Experiencies Checklist (P-TEC) e a Fantastic Lifestyle Assessment (FLA). Resultados: Verificamos uma correlação significativa entre os acontecimentos de vida traumáticos e a manifestação de sintomas psicopatológicos, tais como, a somatização, a depressão e a ansiedade. O mesmo resultado observou-se na correlação entre os acontecimentos de vida e os comportamentos de risco, salientando-se o tabagismo como a dimensão mais expressiva. Já a negligência emocional apenas se correlacionou com o consumo de tabaco de forma fraca mas positiva. Conclusão: Experiências negativas podem potenciar, no futuro, comportamentos desajustados que se refletem na saúde física e mental e nas relações interpessoais do indivíduo. Os resultados desta investigação demonstram a necessidade de prevenir o impacto destas vivências, de forma a minimizar as repercussões futuras. Numa perspetiva de intervenção é fundamental conhecer, dum ponto de vista multidimensional, toda a sua interação envolvente. Sentimos como limitações a extensão do protocolo de investigação, sobretudo o questionário P-TEC, o número inferior de participantes do sexo masculino, as aulas não presenciais neste ano letivo e, por último, o tipo de estudo utilizado. / Objectives: Seeking to broaden knowledge about the psychic repercussions of traumatic life events, we sought to analyze the influence of traumatic experiences on risk behaviors and on the manifestation of psychopathological symptoms. Thus, a cross-sectional study was carried out with a sample of university students, taking into account the substantial changes resulting from insertion in the academic context. Methods: The sample consists of 379 university students, 232 female (61.2%), 144 male (38%) and three non-binary (0.8%), aged between 17 and 49 years (M = 23.02; DP = 4.246). The protocol of the present investigation consisted of an informed consent, a sociodemographic questionnaire and a battery of tests, including the Brief Symptom Inventory 18 (BSI 18), the Traumatic Experiences Checklist (P-TEC) and the Fantastic Lifestyle Assessment (FLA). Results: We found a significant correlation between traumatic life events and the manifestation of psychopathological symptoms such as somatization, depression and anxiety. The same result was observed in the correlation between life events and risk behaviors, with smoking being the most significant dimension. Emotional neglect was only weakly but positively correlated with tobacco consumption. Conclusion: Negative experiences can enhance, in the future, maladjusted behaviors that are reflected in the individual's physical and mental health and interpersonal relationships. The results of this investigation demonstrate the need to prevent the impact of these experiences, in order to minimize future repercussions. From an intervention perspective, it is essential to know from a multidimensional point of view all its surrounding interaction. Some limitations were felt while conducting this study, such as the size of the research protocol, especially the P-TEC questionnaire, the lower number of male participants, the non-presential classes in this school year and, finally, the type of study used.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1319
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM Andrea Costa_10683.pdfDocumento2.24 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.